Regras do boxe

Autor: 
MBPress

No boxe profissional, uma luta tem de dez a 12 rounds. Já nas Olimpíadas, em que é o boxe amador, são apenas quatro rounds de dois minutos cada. Outra diferença entre o boxe profissional e o amador é que os profissionais não podem usar o protetor de cabeça, já os amadores são obrigados

Para conquistar pontos, o boxeador tem de acertar o torso corporal do seu rival ou a frente e a lateral da cabeça. Golpes nos braços dos adversários não são válidos como pontos.

Outra maneira de vencer o adversário é nocauteando. Isso ocorre quando o adversário leva um golpe e toca na lona com qualquer parte do corpo, com exceção dos pés. Se o oponente segurar as cordas para não cair na lona ou cair fora do ringue, também será contado como um nocaute.

Ao ocorrer um nocaute, o juíz que está dentro do ringue deve fazer a contagem de 10 segundos. Caso o atleta não levante, será dado como derrotado. Mesmo se o lutador conseguir ficar em pé, o árbitro pode optar pelo fim da luta se ele perceber que o lutador não está mais em condições de lutar.

O árbitro também pode declarar o fim da luta caso ele perceba que o oponente está sendo muito espancado. A própria comissão técnica de um lutador pode jogar a toalha dentro do ringue - isto significa a desistência.

Cada luta possui cinco árbitros, sendo que um deles fica dentro da lona.

As faltas mais comuns são agarramentos, golpes abaixo da cintura, socos na nuca, socos de mão aberta e postura passiva. Dois avisos valem uma advertência e três advertências equivalem à desqualificação do lutador.

Também não é permitido golpear o lutador que estiver no chão. Quando um dos lutadores for ao chão, a luta deve ser parada. É proibido falar durante a luta, para evitar possíveis provocações.