O Brasil na Copa do Mundo de 1954

Autor: 
MBPress

Em 1954, na Suíça, aconteceu a quinta edição da Copa do Mundo. A competição é até hoje a que registra a maior média de gols em um Mundial e contou com grandes surpresas e inesquecíveis fracassos.  A seleção brasileiram, infelizmente, foi uma das surpresas e não correspondeu às expectativas.

A delegação nacional era dirigida pelo Doutor João Lyra Filho. O treinador da equipe era Alfredo Moreira Júnior, também conhecido como Zezé Moreira, que substituiu Flávio Costa.  Zezé convocou 22 jogadores para a disputa da competição, 11 paulistas e 11 cariocas, e apenas seis atletas remanescentes da Copa de 50: Bauer, Ely, Castilho, Nilton Santos, Baltazar e Rodrigues.

Os jogadores convocados foram:

Castilho (Fluminense)
Veludo(Fluminense)
Djalma Santos (Portuguesa)
Paulinho de Almeida (Vasco da Gama)
Pinheiro (Fluminense)
Mauro (São Paulo)
Alfredo Ramos (São Paulo)
Nilton Santos (Botafogo)
Brandãozinho (Portuguesa) Bauer  (São Paulo)
Eli do Amparo (Vasco da Gama) Dequinha (Flamengo)
Julinho (Portuguesa) Didi (Fluminense)
Baltazar (Corinthians) Pinga (Vasco)
Rodrigues (Palmeiras) Maurinho (São Paulo)
Rubens (Flamengo) Índio (Flamengo)
Humberto (Palmeiras)

O médico da delegação brasileira era Dr. Newton Paes Barreto, o massagista Mario Américo, o roupeiro Aloísio Oliveira e os jornalistas que acompanhavam a seleção eram Thomas Manzoni e José Varella.