Histórico da Holanda em Copas do Mundo

Autor: 
MBPress

HOLANDA



- Área: 41.526 km²
- População: 16.558.674
- Capital: Amsterdã
- Moeda: Euro
- Idioma: Holandês
- Posicão no ranking da Fifa: 4º colocado

As primeiras aparições da Holanda em Copas do Mundo foram discretas. O esquadrão laranja não participou da primeira edição em 1930. Nas duas seguintes, o time ficou nas singelas 11ª e 14ª posições, sendo eliminada em ambas na primeira fase. No ano de 34 o algoz foi a Suíça, que venceu por 3 a 2. Quatro anos depois a eliminação foi frente a Tchecoslováquia, 3 a 0.

Após isso, a seleção holandesa ficou um bom tempo sem participar de Copas. Entre 1950 e 70 o time não conseguiu se classificar. Porém, a volta da Holanda foi triunfal. Na edição de 1974 a Laranja Mecânica, dirigida por Rinus Michels, fez o mundo parar para ver Johannes Cruyff, Johny Rep, Ruud Krol e Neeskens jogarem. Os atletas não guardavam posição dentro de campo, característica marcante que rendeu o apelido de Carrossel Holandês ao time.

Holanda Copa 2010
Cortesia da Real Federação Holandesa de Futebol

Na ocasião, o esquadrão passou pela primeira fase sem grandes dificuldades. Com um empate ante a Suécia e vitórias sobre Uruguai e Bulgária, a seleção se classificou para a etapa seguinte na liderança do Grupo C.

Com a classificação, as coisas ficaram um pouco mais complicadas para a equipe dos países baixos, mas nada que atrapalhasse a Laranja Mecânica. No Grupo 1 da segunda fase, a Holanda enfrentou Brasil, Alemanha Oriental e Argentina. Os três jogos terminaram com vitória da equipe treinada por Rinus Michels. Contra a seleção brasileira, o triunfo foi por 2 a 0. Gols de Neeskens e Cruyff.

Na final da Copa do Mundo de 1974, o selecionado holandês enfrentou à anfitriã Alemanha Ocidental. O time visitante saiu na frente, mas os alemães conseguiram virar o jogo para 2 a 1 e ficaram com o título.

No Mundial seguinte mais uma derrota na final. Após uma classificação discreta na primeira fase, com uma vitória, um empate e uma derrota, a Holanda garantiu o segundo lugar do Grupo D. Na segunda etapa, as coisas voltaram a ser como eram antes e a equipe conseguiu passar pela Itália, Alemanha Ocidental e Áustria para chegar à partida que valia o título.

Mais uma vez a final seria decidida contra os donos da casa, desta vez a Argentina. Após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, a anfitriã conseguiu dois gols na prorrogação e conseguiu o título.

Depois de ficar no "quase" por duas vezes, a Holanda não conseguiu a classificação para os Mundiais de 1982 e 86. A equipe só voltou a disputar uma Copa do Mundo em 1990, onde foi eliminada na segunda fase pela Alemanha Ocidental.

Na edição seguinte a participação foi um pouco melhor, mas continuou aquém dos tempos de Cruyff e companhia. Os laranjas sucumbiram à força do esquadrão brasileiro e, com um 3 a 2 nas quartas-de-final, deram adeus à disputa.

Na Copa do Mundo de 1998 a Holanda voltou a estar entre os melhores. Após uma primeira fase sem um futebol vistoso, a seleção enfrentou a Iugoslávia nas oitavas e conseguiu a classificação para jogar contra a Argentina. A vitória contra os sul-americanos só veio no finalzinho, com um gol de Bergkamp aos 45, do segundo tempo. Com o êxito sobre o algoz de 1978, os holandeses passaram de fase para encarar o Brasil.

Novamente, o resultado foi definido instantes antes do apito final. Após vitória brasileira no primeiro tempo, o atacante Kluivert empatou o jogo aos 42 da segunda etapa. Com o placar igual, a partida foi para a prorrogação e posteriormente para os pênaltis. Nas penalidades a estrela de Taffarel brilhou. O arqueiro brasileiro pegou as cobranças de Cocu e Ronald de Boer e desclassificou os europeus. Na disputa pelo terceiro lugar, o time de camisas laranjas sucumbiu à força croata e terminou a Copa na quarta colocação.

Em 2002 nova ausência. Quatro anos depois mais uma decepção. Após se classificar na segunda posição do Grupo C ao lado da Argentina, os holandeses foram para as oitavas-de-final enfrentar a seleção portuguesa. Com a vitória por 1 a 0 dos lusitanos, a Laranja Mecânica terminou a participação em 11º lugar. 

Em 2010, contando com um time com um forte ataque, a Holanda fez bonito. Na primeira fase venceu a Dinamarca, o Japão e Camarões. Nas oitavas-de-final derrotaram a Eslováquia por 2 a 1. Nas quartas os holandeses venceram a seleção brasileira também por 2 a 1. Na semi bateram os uruguaios por 3 a 2 e perderam apenas na final para a Espanha por 1 a 0.

 

Curiosidades sobre a seleção holandesa

- A Holanda é, ao lado da Alemanha, uma das seleções que mais convocou
irmãos para disputa de Copas do Mundo. Os gêmeos René e Willy van de
Kerkhof disputaram as partidas de 1974 e 1978.

- Em 1990 foi
a vez dos irmãos Erwin e Ronald Koeman fazerem parte do elenco do país.
Em 94 e 98 novamente gêmeos jogaram na Holanda. Foram eles Frank e
Ronald de Boer.

- Na final de 1974, a Holanda
marcou o gol na final conta a Alemanha sem que os adversários tocassem
na bola. Após troca de passes, Cruyff invadiu a área e sofreu o
pênalti. Neeskens foi para a cobrança e abriu o placar aos 2 minutos de
jogo.