Curiosidades

Autor: 
MBPress

- Apenas dois países quebraram a hegemonia do leste europeu na ginástica rítmica nas Olimpíadas. A primeira foi a canadense Lori Fung, em 1984. Já por equipes, a seleção da Espanha subiu no lugar mais alto do pódio em 1996.

- Apesar de grande força continental, a GRD brasileira nas Olimpíadas nunca passou do oitavo lugar na fase final do torneio, conseguido em Atenas. Atualmente, o Brasil é tricampeão pan-americano após a conquista no Rio de Janeiro.

- Uma das maiores potências na ginástica artística, os EUA, nunca conseguiram a medalha de ouro nas Olimpíadas na ginástica rítmica.

- Em 1984, nas Olimpíadas de Los Angeles, várias favoritas ao ouro olímpico não puderam confirmar as expectativas pois houve um boicote aos Jogos Olímpicos desse ano por parte dos representantes do leste europeu.

- As russas são as maiores vencedoras da ginástica rítmica nos Jogos Olímpicos.

- A ginástica rítmica passou a ser um esporte olímpico em Los Angeles-1984, mas apenas em Atlanta-96 a disputa por equipes foi introduzida. Até lá, apenas as provas individuais eram realizadas.

- A primeira ginasta a receber ouro em ginástica olímpica foi a canadense Lori Fung, em Los Angeles-1984. Na ocasião, a nota da ginasta foi 57.950, apenas 0.050 maior do que a romena Doina Staiculescu, que terminou com 57.900.