Como funciona a luta livre

Autor: 
Ed Grabianowski

Foto cedida pelo Site oficial de Scott Steiner


Se você falar sobre luta profissional em público, provavelmente vai ter um debate mais vivo do que sobre política ou filosofia. É um esporte ou um show? É verdadeiro ou falso? Quem é o melhor lutador de todos os tempos? Onde estão as "Partes Desconhecidas"?

Quando você terminar de ler este artigo, terá conhecimento suficiente sobre luta profissional para dar um mata-leão em quem discorda de você. A pessoa ficará incapaz de mover-se da garra de ferro da sua lógica.

Você vai aprender como a luta começou e como os lutadores realizam feitos aparentemente sobre-humanos, sem matar ninguém. Você também vai conhecer os melhores lutadores do passado e do presente. E se você já for perito em todas as coisas do ringue, vai descobrir que a ação nos bastidores é, muitas vezes, mais bizarra e enrolada do que a própria luta.

A idéia básica da luta (duas pessoas que competem em um combate físico) é antiga. Os gregos já faziam isso. O Império Romano adotou elementos da luta grega com uma ênfase na força bruta. A forma resultante, conhecida como luta greco-romana, necessita que lutadores executem todos os movimentos somente com a parte superior do corpo. Luta livre e luta greco-romana são duas formas internacionais amadoras praticadas hoje nos Jogos Olímpicos. Eles têm regras claras e classes de pesos. Os pontos determinam vencedores e as violações resultam em desqualificações.


Foto cedida pelo Ssgt. Jason M. Carter, USMC / Defense Visual Information Center Luta greco-romana realizada no Campeonato de Luta das Forças Armadas de 2004 em Nova Orleans, Louisiana

Em que aspectos a luta profissional é diferente? Diferentemente dos amadores, os lutadores profissionais são pagos e tendem a ser mais habilidosos. Uma comissão esportiva regula a luta livre amadora, mas a luta profissional é intencionalmente não regulada. No início, a luta caiu na autoridade de comissão esportiva estatal. Os proprietários da liga logo perceberam que eles podiam evitar a intriga classificando as suas demonstrações como entretenimento, não um esporte competitivo.


Foto cedida pelo jornalista Kristin Fitzsimmons / Departamento de Defesa dos EUA
O astro da WWE Kurt Angle começou a sua carreira como lutador amador, ganhando a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atlanta em 1996 (muitas vezes, ele usa a sua medalha no ringue, como demonstrado aqui). Ele chocou o mundo de luta amadora quando se tornou profissional.

A luta livre (particularmente a conhecida como wrestling nos Estados Unidos) realmente têm regras que explicaremos mais detalhadamente na seção Regras da luta profissional. Contudo, as regras são um pouco livres e até meio forçadas. As habilidades dos lutadores não determinam o resultado da luta. Em vez disso, trabalham em conspirações e histórias anteriores, e cada luta é um capítulo da história. Quem ganha e quem perde está previsto no script.

Isto significa que a luta é falsa? É verdade que as conspirações são predeterminadas e os movimentos são coreografados. Os lutadores realmente não estão tentando espancar e prejudicar um ao outro. Às vezes, os piores inimigos no ringue são melhores amigos na vida real e as histórias estranhas que caracterizam os personagens normalmente não são verdadeiras. Contudo, chamar a luta simplesmente de "farsa" é como considerar um filme de ação uma farsa também. Quando você vê um filme, você sabe que o ator não jogou um carro pegando fogo por cima de uma ponte que estava explodindo, mas você, ainda assim, fica entretido. Dublês e equipes de efeitos especiais trabalharam para fazer aquelas cenas parecerem verdadeiras e esse trabalho pode ser muito impressionante.

Luta profissional é assim. A maior parte de lutadores são atletas excepcionais que treinam muitas horas por dia para manter a sua condição física. Eles praticam durante anos para aprender movimentos e como executá-los com segurança, além de fazê-los parecerem perigosos. Eles se machucam muito, às vezes seriamente. Seus horários são cansativos. Certamente, não há nada falso em voar 6 metros pelo ar.

A seguir, vamos aprender sobre kayfabe, a história que é encenada no ringue e o significado de algumas terminologias de luta.