Como funciona o MMA (Mixed Martial Arts)

Autor: 
Ana França

Você já ouviu falar em MMA? Ou em Mixed Martial Arts? Ou ainda em Vale Tudo? Sim, certamente você já deve ter ouvido falar deste que é um dos esportes que mais crescem em todo o mundo atualmente.

O MMA é definido como uma modalidade de luta onde os praticantes não precisam seguir um estilo específico de arte marcial. Vem daí o nome “técnico” do esporte: Mixed Martial Arts (Artes Marciais Misturadas). O esporte possibilita ao praticante utilizar qualquer golpe ou técnica das mais diferentes artes marciais como o boxe, jiu-jítsu, caratê, judô, muay thai, entre outras. O bom lutador é aquele que domina boa parte dos principais golpes de uma grande variedade de artes marciais e sabe aplicá-los no momento certo.

Ao contrário do que todo mundo acha, não “vale tudo” no MMA. O esporte vem evoluindo e profissionalizando-se de tal maneira que as regras estão cada vez mais rígidas. O intuito de toda esta evolução é preservar cada vez mais a integridade física do atleta. Os praticantes estão cada vez mais técnicos e preparados.


Imagem cedida por Image.net

Apesar de toda a resistência da mídia na divulgação deste esporte, o MMA está vivendo uma verdadeira transformação e está entrando em uma nova fase aqui no Brasil, impulsionado principalmente por três fatores essenciais:

  • profissionalização do esporte
  • crescimento exponencial de fãs
  • sucesso dos lutadores brasileiros no exterior

Os números do MMA impressionam. Existem sites profissionais jornalísticos e lojas virtuais com vendas específicas de produtos voltados ao mundo das lutas. Dentro destes sites existem fóruns mantidos pelos usuários que trocam informações e difundem o esporte. As taxas de compra do pay-per-view de grandes torneios são imensas, assim como a venda dos ingressos.

Uau!
Nas últimas edições, o evento Americano UFC (Ultimate Fight Championship) vendeu em média 1 milhão de assinaturas de PPV (pay-per-view), gerando uma receita de U$ 40 milhões e mais 20.000 ingressos para assistir no ginásio, com bilheteria de mais de U$ 4 milhões.


Imagem cedida por Image.net­

Atualmente, o MMA está sendo disputado em todos os continentes - os países que mais formam lutadores são o Brasil, Japão, Estados Unidos e Rússia.

Neste artigo apresentaremos a história deste esporte, os principais eventos (Pride e UFC), os golpes e técnicas utilizadas além do perfil de alguns brasileiros que são verdadeiros ícones do MMA. Leia e divirta-se. A luta - ops - o artigo está apenas começando.