Regras do Rugby Seven

Autor: 
Ana França

O objetivo principal do rugby é marcar mais pontos que o adversário. Para isso, é permitido correr com a bola, chutar ou passá-la, porém, nunca para a frente. Por ser um esporte de contato é permitido “tacklear” a bola, ou seja, derrubar o jogador que está com a bola a fim de obtê-la.

Porém, como avançar com a bola sem poder lançá-la para frente? Chutar a bola para frente é permitido, mas se algum jogador da equipe quiser agarrá-la é preciso estar atrás do jogador que a chutou. Esses são os dois maiores desafios do rugby e sem dúvida o que mais atrai seus praticantes. É preciso muito trabalho em equipe para conseguir levar a bola para frente em direção ao gol dos adversários. Criar e utilizar bem o espaço é fundamental.

Rugby
Associação Brasileira de Rugby

Na modalidade Seven entram em campo sete jogadores e a partida é dividida em dois tempos de sete minutos, com apenas um minuto de intervalo.

Existem algumas maneiras de  marcar pontos:

- Try – um try é marcado quando a bola é apoiada no solo na área além da linha de in-gol do time adversário. Cada try vale 5 pontos.

- Conversão – depois de marcar um try o time pode tentar marcar uma conversão ao chutar a bola sobre o travessão e entre os postes. Cada conversão vale 2 pontos.

- Penalty kick – quando uma falta grave é cometida é marcado um penalty. A equipe que sofreu coloca a bola no local da infração e chuta em direção ao upright. Cada penalty kick vale 3 pontos.

- Drop goal – um drop goal é marcado quando o jogador chuta a bola para o gol. Para que isso aconteça é preciso que a bola esteja nas mãos do chutador e que ela toque o solo antes de ser chutada (não vale chute de bate-pronto). Cada drop goal vale 3 pontos.

Confira abaixo as principais diferenças entre o rugby e o futebol americano:

 

Rugby x  Futebol Americano


   Rugby Futebol Americano
 Campo
Tem que ser de grama natural Pode ser de grama natural ou sintética
 Postes Tem formato de H Tem formato de Y
 Bola Branca com formato oval arredondado Laranja com formato oval mais pontudo
 Time
Formado por 15 jogadores ou 7 na modalidade Seven Dois times de 11 jogadores – um time só para o ataque e outro só para a defesa
 Equipamento As proteções são flexíveis As proteções são rígidas
 Tempo de jogo 2 tempos de 7 minutos (modalidade Seven) 4 quartos de 15 minutos
Passe com as mãos Não é permitido o passe para a frente É permitido um passe para frente se o portador da bola estiver atrás da linha de onde a bola saiu no começo da jogada
 Pontuação
Encostar a bola no solo – try (5 pontos) Encostar a bola no solo – touchdown (6 pontos)

chute
International Rugby Board
Jogador posiciona a bola para o chute

O jogo começa com um chute de drop no centro da linha de meio de campo. A equipe que não chutar a bola deve ficar a 10 metros de onde o chute será dado. Já a bola chutada precisa, obrigatoriamente, percorrer no mínimo 10 metros em direção à linha do in-goal adversário. Se isto não acontecer, a bola passa a ser do time adversário.

Após a saída da partida o jogo está “em aberto”, ou seja, a bola está sendo passada ou chutada entre os atletas. Como dito anteriormente, só é permitido passar a bola para os lados ou para trás. Se o jogador optar por não passar a bola ele tem duas outras opções: correr com ela ou chutar.

Faltas e impedimento

As duas faltas mais comuns em um jogo de rugby são o forward pass (passe para a frente) e o knock on.

Se
ao receber a bola o jogador deixar ela cair para a frente, marca-se um
knock on. Como punição, o time adversário tem a chance de cobrar um
penalty. Já quando acontece um passe para a frente é formado um scrum no local da infração.

No
rugby é marcado impedimento quando um jogador está adiantado em relação
ao seu companheiro de equipe que está com a bola. Já quando a bola é chutada, esta só pode ser agarrada pelos jogadores do time que estavam
atrás do chutador no momento do chute.

Quando uma infração menor é marcada ou há alguma interrupção é formado um scrum (exatamente no local onde ocorreu a infração ou interrupção). O objetivo do scrum é reiniciar rapidamente o jogo de maneira imparcial. Para isso três jogadores de cada equipe se juntam de modo que as cabeças fiquem intercaladas. Dessa maneira é formado um túnel no qual o médio scrum introduzirá a bola para que os jogadores tentem puxar a bola com o pé e empurrem para os outros jogadores da equipe.

scrum
© istockphoto.com / Mike Dabell
Scrum

Outras importantes fases de um jogo de rugby são o ruck, o maul e o tackle. O ruck acontece quando a bola está no solo e um ou mais jogadores das duas equipes que estejam em pé entrem em contato ao redor da bola. Nessa hora não é permitido tocar a bola com as mãos. Os atletas precisam mover a bola com os pés ou podem tentar empurrar os adversários para além da bola.

Um maul acontece quando o jogador que está com a bola é segurado por um ou mais jogadores da equipe adversária e um ou mais atletas da sua equipe entram em contato com ele. A equipe do jogador que está com a bola pode tentar ganhar território empurrando seus adversários em direção à linha de in-goal.

Já um tackle acontece quando o jogador que está com a bola é segurado por um ou mais jogadores da equipe adversária e levado ao solo, isto é, toca o solo com o joelho, senta no chão ou ainda toca em outro atleta que está no solo. Nesse momento o jogador deve soltar a bola imediatamente.

Essas são algumas das muitas regras do rugby. Para conhecer todas elas, acesse os regulamentos da Associação Brasileira de Rugby e International Rugby Board.