História do salto com vara

Autor: 
Karim Nice

Foto cedida por www.TullyRunners.com

O salto com vara tem origem na Europa, quando os homens usavam o instrumento para cruzar os canais de água. O objetivo era a distância ao invés da altura.

No final do século XIX, as faculdades deram início às competições de salto com vara. No início, os saltadores usavam varas de bambu com uma ponta afiada na extremidade. Eles competiam sobre a grama, fincando a ponta no solo (porque os buracos não eram permitidos), saltando sobre a vara e caindo sobre a grama. Nas Olimpíadas de 1896, o recorde estabelecido com uma vara de bambu foi de aproximadamente 3,2 m.

Quando a altura começou a aumentar devido às melhoras da técnica e dos materiais, colchões passaram a ser utilizados para a queda. Agora o salto com vara moderno acontece numa pista, conta com uma superfície para todo o tipo de clima, com uma caixa de encaixe da vara e vários colchões no lugar da queda. As varas modernas são feitas de material composto avançado como fibra de carbono.

Atualmente, o recorde mundial de salto com vara é de 6,1 m.